A Lava Jato denunciou hoje o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e um dos irmãos, José Ferreira da Silva, conhecido como Frei Chico, por corrupção passiva.

Segundo a denúncia, Frei Chico recebeu R$ 1,1 milhão da Odebrecht dividido em mesadas entre 2003 e 2015.

Também são denunciados Alexandrino Alencar, delator e ex-executivo da Odebrecht, Emílio Odebrecht, patriarca do grupo, e Marcelo Odebrecht, ex-presidente do conglomerado.

A Justiça Federal em São Paulo terá que decidir se os cinco acusados se tornarão réus no caso.

A defesa de Lula chamou a denúncia de “descabida” e falou que ela ocorre após divulgação de novas mensagens da Lava Jato que apontam “ocultação de provas de inocência [de Lula] e ação indevida e ilegal” [por parte dos procuradores].

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here